segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Enxarcado


Hoje chovi o dia todo.
No quintal,
o varal não tinha roupas
elas mofaram dentro da gaveta.

Realmente,
quem tá na chuva
é pra não mofar.


Chovi o mofo
engavetei o molhado,
me enxarquei
de roupas nuas.
Em pêlos,
me sequei.

3 comentários:

Luana disse...

Lindo!
Mas não entendi nada, hehehe.
O que você quiz dizer?
Não consegui ler seus pensamentos. Se bem que você realmente queria que alguem o fizesse?
Espero que esta sua maluquice jovialidade alucinada permaneça pra sempre dentro de vc. (nossa, agora eu fui longeeeeeeee, hahaha)
Sugestão do dia: saia na chuva e sinta cada átomo molhado. Aproveite e cante sua música preferida.
Luana - ao som de La Valse d'Amélie

Alucino disse...

cê acredita q nesse dia eu tomei chuva? só não lembrei de cantar alguma música favorita... mas li hilda hilst depois... ou durante...

e em relação a entendimento... esqueça... as coisas ficam muito boas quando a gente esquece já diria arnaldo antunes...

Gabriela disse...

"Realmente,
quem tá na chuva
é pra não mofar."

e o mundo virando esse exército de robôs chovendo mofo que nao acaba mais. realmente, se disso a gente se esquece, as coisas devem começar a ficar boas. afinal, a chuva molha, né?! =/