segunda-feira, 11 de maio de 2009

cidade e jardim


lembra de quando fomos ao cinema
e o filme não terminou?

o fato é que rasgamos o roteiro no meio


a minha metade, continuei escrevendo
com sangue e parafuso,
na cabeça

sua metade é escrita
à lagrimas e insônia,
em um coração que não dorme

nas filmagens
virei ator
lá estava eu desempenhando meu papel
lá estava você fazendo origami

de sua delicadeza,
virei tsuru
e voei

de meu vôo,
aprendi que só confio
em quem faz origamis

o resto todo é só papel

meu roteiro continua sendo escrito
letras voadoras
me flutuam para o oeste

já o seu, é uma bela e contínua dobradura
te desdobra com fé para o leste

mas ambos,
para cima

nos elevamos juntos
em caminhos opostos.

2 comentários:

meninadosolhos disse...

nuh... filho da puta esse texto!
deep!

Carneirinho disse...

uma dor, um amor..
hmmmmmmm....