segunda-feira, 15 de novembro de 2010

cheiro quente de café nas manhãs


o dia passou o dia aqui
me transbordando de agoras

o anoitecer trouxe alguns ontens

costurei idéias no horizonte
como quem fixa pensamentos
em suavidades de lua toda força

luz prateada recheando o ar de eletricidade

o dia amanhacerá eus


os sóis das manhãs
e suas tendências
a me serem alma cheia
já me transbordam muitos amanhãs

tudo o que passa fica
nesse corpo que ora pretende
ser ele próprio estrada, ponte, construção

pego o volante e entorto a estrada
luz também faz curva

Um comentário:

Camilo Alves do Nascimento disse...

http://wp.clicrbs.com.br/livramento/2010/09/21/fotos-de-passaros-em-fios-eletricos-vira-partitura-musical/